NA REDE MUNICIPAL DE SALVADOR O ANO SERÁ DE LUTA! NO DIA 31/01 NOSSA JORNADA SERÁ NAS RUAS!

NA REDE MUNICIPAL DE SALVADOR O ANO SERÁ DE LUTA! NO DIA 31/01 NOSSA JORNADA SERÁ NAS RUAS!

 

Com o objetivo de discutir o início do ano letivo na rede municipal de Salvador, a APLB-Sindicato reuniu a categoria e apresentou uma agenda de lutas a ser iniciada já na jornada pedagógica. Após análise da conjuntura e informações sobre os problemas que atravessamos na rede, fruto do descaso, da falta de sensibilidade e vontade política no que se refere à Educação e aos direitos dos trabalhadores, o ano letivo começará com LUTA! Assim, com 97,4% de votos a favor foi aprovada pelos presentes a seguinte agenda da JORNADA DE LUTAS:

 

31/01 – GRANDE ATO A SER REALIZADO EM LOCAL E HORÁRIO A SER DIVULGADO

 

1º/02 – JORNADA PEDAGÓGICA E POLÍTICA:

 

              Manhã: participar da Jornada Pedagógica

 

               Tarde: Todos os representantes de escola devem reunir os colegas pra discutir a pauta e o Plano de Ação para serem debatidas e aprovadas na assembleia (a APLB-Sindicato vai encaminhar para os representantes de escola proposta de pauta e agenda de lutas para orientar nas reuniões);

 

 ATENÇAO! As escolas que ainda não têm representantes devem eleger uma(um) companheiras(o) para coordenar a reunião e debater as propostas. 

 

Todos devem encaminhar para aplb.municipal@gmail.com logo após a reunião;

 

02/02Manhã: Participar da Jornada Pedagógica,

 

  Tarde: Reunião com os representantes de escola. Poderá ser presencial, na APLB-Sindicato, a depender da situação em que estiver os contágios pela COVID-19 e  gripe.

 

  Convocar os pais e alunos para a reunião do dia seguinte por meio de WhatsApp e outras redes. A APLB-Sindicato vai se articular com o fórum de gestores para também contribuir com o processo de convocação e, também, colaborar nas reuniões. 

 

03/02 – Reunião com os pais e alunos nas escolas, nas respectivas salas de aula, nos três turnos, para discutir sobre as razões de iniciarmos o ano letivo com luta.  A APLB deverá disponibilizar um modelo de Carta à Comunidade para ser distribuída entre os pais e alunos.

 

               ATENÇÃO! Respeitar o distanciamento, o uso da máscara e álcool 

 

04/02 – GRANDE ASSEMEBLEIA PRESENCIAL, EM FRENTE À PREFEITURA (Só não será presencial se as condições não permitirem).

 

ATENÇÃO! ESSA AGENDA PODERÁ SOFRER ALTERAÇÕES, PORQUE NÃO ESTÁ DEFINIDO O FORMATO E LOCAL DA JORNADA PEDAGÓGICA. AVISAMOS QUE ONDE O PREFEITO E O SECRETARIO ESTIVEREM, NÓS VAMOS ESTAR NO LOCAL, EM PESO, NOS MANIFESTANDO.   

 

ELEGEMOS UMA PAUTA EMERGERCIAL PARA DARMOS INÍCIO À NOSSA LUTA NESTE INÍCIO DE ANO. EIS OS PONTOS:

 

  1. Continuar com as investigações sobe os recursos do FUNDEB (veja abaixo oficio enviado pela APLB ao TCM). Nesse sentido, a APLB-Sindicato encaminhou representação ao TCM e MP para que procedesse a auditagem. Vejam abaixo o documento, na integra.
  2. Lançamento oficial da campanha salarial, ainda que a data base da categoria seja o mês de maio. Ressalte-se que ainda não foi anunciado pelo MEC o percentual do PSPN para o ano de 2022, entretanto a APLB-Sindicato já apresentou ao executivo municipal, por meio de oficio, o percentual de 33,23% defendido pela CNTE e pelas entidades afiliadas, incluindo a APLB-Sindicato, garantido na Lei 11.738/008 – a Lei do Piso – que determina que a atualização deve ocorrer anualmente no mês de janeiro.
  3. Rejeição ao SMA! Nesse ano de 2022 a categoria deve rejeitar 100% o SMA para que o executivo disponibilize outro modelo de sistema de avaliação, como já foi tratado com a APLB-Sindicato, em reunião;
  4. Ampliação do quantitativo de vagas dos cargos do Magistério, com vistas às mudanças de nível;
  5. Realizar a mudança de referência, por meio da Avaliação de Desempenho prevista no Plano de Carreira;
  6. Condições de trabalho: redefinição dos protocolos sanitários, em vista do crescimento das contaminações da COVID e da gripe H3N2;
  7. Defesa intransigente da EJA
  8. Publicações aposentadorias aguardada há anos pelos trabalhadores em Educação;
  9. Saída de Marcelo Oliveira
  10. FORA BOLSONARO!

 

É LUTA COMPANHEIRAS (OS)!

A VITÓRIA DA CATEGORIA DEPENDE DO CUMPRIMENTO DAS AÇÕES APROVADAS PELA MAIORIA!

VAMOS TODAS (OS) COM UNIDADE E OUSADIA!

 

VEJA ABAIXO O RESULTADO DA VOTAÇÃO E O OFÍCIO ENVIADO PELA APLB AO TCM:

 

[pdf-embedder url=”http://aplbsindicato.org.br/wp-content/uploads/2022/01/Oficio-Tribunal-de-contas-do-municipio-de-Salvador.pdf” title=”Ofício Tribunal de contas do município de Salvador”]

 

Você pode gostar de ler também: