Opções

Ache fácil

Prova Brasil: além da prova, alunos respondem questionário

A Prova Brasil começou a ser aplicada nesta segunda-feira, 5 de novembro, em escolas públicas de todo o país. Uma empresa foi contratada exclusivamente para a aplicação dos testes e vai disponibilizar profissionais treinados e capacitados para manter os critérios e a padronização dos exames em âmbito nacional. São eles que entram em contato com a escola para agendar as datas e os horários das provas.

Durante a realização das provas para os alunos de 4ª série, cabe ao aplicador ler as orientações dos testes e explicar a forma de preenchimento das respostas. Já para os estudantes de 8ª série, os aplicadores fazem apenas a leitura das orientações do teste e os alunos lêem os procedimentos para preencher o formulário de respostas e a interpretação das questões.

Assim que terminarem os testes, os alunos devem responder um questionário sobre aspectos sociais, culturais, sua vida escolar e nível socioeconômico. O questionário tem, em média, 44 questões e serve para obter características dos estudantes.

Professores de língua portuguesa e matemática das séries avaliadas, além dos diretores das escolas, também respondem a questionários que possibilitam conhecer a formação profissional, práticas pedagógicas, nível socioeconômico e cultural, estilos de liderança e formas de gestão. Os questionários destinados aos professores e diretores são entregues pelos aplicadores antes da realização dos testes e recolhidos ao final da prova.

No mesmo dia, os aplicadores preenchem um formulário sobre as condições de infra-estrutura das escolas que participam da avaliação. Eles ainda coletam informações sobre o clima acadêmico e disciplinar da escola e sobre recursos pedagógicos e humanos disponíveis. “Com esses dados, é possível analisar os fatores associados ao desempenho dos alunos”, explica o diretor de avaliação da educação básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Amaury Gremaud.

Letícia Tancredi

Top