Opções

Ache fácil

O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO QUE ACONTEÇA PARA COMEÇAR A LUTAR?

Por Marcos Barreto

Diante das diversas situações negativas que a Educação de Salvador tem sofrido, precisamos que todos os funcionários, professores (quadro efetivo e REDA), coordenadores pedagógicos e gestores escolares, se apropriem das questões que atingem a todos que trabalham na área da Educação.

Não cabe a postura de “pseudo” neutralidade, pois ela significa aceitar que o desmonte da educação avance. Você tem lado e não é o de quem lhe tira direitos!

Não podemos nos omitir sobre o futuro de nossa situação funcional e da educação soteropolitana. Precisamos nos posicionar para reverter intenções e ações que trarão graves consequências para a nossa categoria!

             Enturmação e fechamento de turmas;

             Demissão de equipe de apoio;

             Salários sem reajuste;

             Não concessão de mudança de nível;

             Escolas com infraestrutura precária;

             Escolas sem recursos humanos e materiais;

             Comprometimento das questões pedagógicas;

             Modelo de educação bancária.

Mobilize cada colega para que se aproprie e se empodere de seu local de atuação administrativa e/ou política, participando das reuniões, ações e mobilizações. Seja gestor, coordenador, professor ou funcionário, compareça às convocações do sindicato e manifeste seu entendimento para a consolidação de nossas metas por educação de qualidade, respeito e dignidade aos trabalhadores em educação.

Nossa unidade e nossa ação unificada serão determinantes para barrar o projeto de desmonte da educação pública da nossa cidade.

O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO QUE ACONTEÇA PARA COMEÇAR A LUTAR?

*Marcos Barreto – Pedagogo, Professor Municipal de Salvador e músico
Diretor da APLB-Sindicato

Top