Opções

Ache fácil

Eleições diretas – nova votação em 30 de novembro

Fotos: Kalila Pinto

 

A Comissão Seletiva Central informa, que, por motivo do atraso  na entrega do Relatório Final da Eleição, por algumas diretorias regionais, a nova votação será marcada para um único dia, 30/11/2011, para todas as escolas que não validaram o processo ou por qualquer motivo tiveram as eleições anuladas, independentemente das datas da primeira votação.

 

 

Solicitamos que divulguem a data com urgência para as escolas que estão nesse processo.

 

 

Atenciosamente,

 

José Carlos Barreto Sodré – Presidente da Comissão Seletiva Central


 

 

 

Notícias anteriores

A Comissão Seletiva Central, no cumprimento do Inciso I do art. 6º, do Decreto n. 13.202/2011, comunica que as datas para a realização de novas eleições para aquelas escolas cujo processo eleitoral não foi validado por qualquer das razões previstas nos artigos 18, 19 e 20 do referido Decreto, a saber:
PERÍODO DA ELEIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO POR POLOS
DATAS
Polos
1ª ELEIÇÃO
2ª ELEIÇÃO
Polo 1
04/ Santo Antonio; 05/ Valença; 06/ Ilhéus; 07/ Itabuna; 08/ Eunápolis; 09/ Teixeira de Freitas; 10/ Paulo Afonso; 11/ Ribeira do Pombal; 12/ Serrinha; 14/Itapetinga; 29/Amargosa; 31/ Santo Amaro; 32/ Cruz das Almas.
16/11
28/11
Polo 2
13/Jequié; 15/Juazeiro; 16/Jacobina; 17/Piritiba; 18/Itaberaba; 19/ Brumado; 20/ Vitória da Conquista; 21/Irecê; 22/Ibotirama; 23/ Macaúbas; 24/Caetité; 25/Barreiras; 26/Bom Jesus da Lapa; 27/Seabra; 28/Senhor do Bomfim; 30/Guanambi.
21/11
30/11
Polo 3
1A/ Salvador; 1B/ Salvador; 02/Feira de Santana; 03/Alagoinhas.
17/11
29/11
Salvador, 21 de novembro de 2011
 José Carlos Barreto Sodré
Presidente da Comissão Seletiva Central
Atenção, dirigentes regionais: qualquer dúvida, ligue para a professora Valdice Edington, diretora da APLB-Sindicato – 71-8179-8720

 

Notícias anteriores

As eleições prosseguem na segunda-feira (21/11), nos municípios do Polo 2, abrangendo Jequié, Juazeiro, Jacobina, Piritiba, Itaberaba, Brumado, Vitória da Conquista, Irecê, Ibotirama, Macaúbas, Caetité, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Seabra, Senhor do Bonfim e Guanambi.

É importante que os delegados regionais atuem com mais intensidade, mobilizando a comunidade escolar, chamando todos à responsabilidade prestar esse exercício de cidadania.

O coordenador-geral da APLB Sindicato, Rui Oliveira, votou no Colégio Central. “Nós estamos vivendo um fato histórico, um exercício da cidadania. É uma grande vitória da APLB-Sindicato e naturalmente da categoria”, afirma.

Podem votar alunos acima de 12 anos, pais ou responsáveis, professores e servidores das escolas. Os pais que têm filhos em diferentes escolas públicas estaduais podem votar em mais de uma unidade escolar.

Após a eleição da equipe gestora, os estudantes, professores e Colegiado Escolar podem acompanhar o trabalho por meio da execução do plano de gestão. Se os dirigentes eleitos não cumprirem o plano proposto na campanha, o Colegiado poderá intervir e recomendar a destituição de tais dirigentes para os cargos assumidos.

Atenção, dirigentes regionais: qualquer dúvida, ligue para a professora Valdice Edington, diretora da APLB-Sindicato – 71-8179-8720

Notícias anteriores

Eleições diretas para dirigentes escolares – uma luta da APLB-Sindicato

 ATENÇÃO: O período para as inscrições das chapas INICIALMENTE MARCADO PARA 4 a 8 de novembro FOI PRORROGADO PARA O DIA 10, ESTA QUINTA-FEIRA

Realização será 16, 17 21 de novembro

 

A APLB-Sindicato, desde a redemocratização do país, nos anos 80, luta por eleições diretas para a escolha dos diretores das unidades escolares do Estado. Depois da derrota das forças de direita nas eleições de 2006, os educadores baianos passaram a acreditar com mais força na concretização deste antigo sonho.

Em 18 de setembro de 2008, o governo da Bahia finalmente anunciou as eleições diretas para a escolha dos diretores nas escolas públicas estaduais. A Bahia deu um passo importante, ainda que com atraso, para a implantação de um projeto educacional mais participativo e democrático.

A entidade representativa dos educadores, ainda que enxergue o caráter positivo da iniciativa governamental, entende que para avançar nesse processo será preciso:

“A APLB-Sindicato luta para garantir que o decreto governamental seja convertido em lei, aprovada pela Assembleia Legislativa. É a única garantia que a sociedade terá de que governos futuros não voltarão a indicar diretores e vices, numa postura autoritária, irresponsável e antidemocrática”, afirma o professor Rui Oliveira, coordenador-geral da APLB-Sindicato.

“A participação de todos é fundamental para a garantia do sucesso das eleições. Pais, estudantes, professores e funcionários devem avaliar a qualidade da aprendizagem e o ambiente escolar, para votar no candidato que ofereça as melhores propostas para a formação cidadã dos estudantes e qualificação da escola”, chama a atenção a professora Valdice Edington, diretora da APLB-Sindicato e integrante da Comissão Seletiva Central.

“O processo de eleições diretas é uma conquista de uma luta de muitos anos que a APLB empreende. Mas a categoria precisa ir além, deve demonstrar que este é um processo que lhe pertence. É preciso ter empenho para assegurarmos a gestão democrática, vamos exercer esse direito”, enfatiza a professora Olívia Mendes, diretora da APLB-Sindicato.

 

Datas

 

As eleições estão marcadas para os dias 16, 17 e 21 de novembro em todas as escolas da rede estadual da Bahia. Os diretores serão eleitos por meio do voto direto, secreto e facultativo dos estudantes acima de 12 anos, pais ou responsáveis, professores e servidores das escolas. Os pais que têm filhos em diferentes escolas públicas estaduais podem votar em mais de uma unidade escolar.

Após a eleição da equipe gestora,  os estudantes podem acompanhar a eficácia da gestão por meio da atuação do Colegiado Escolar, que é um dos órgãos responsáveis pelo acompanhamento das ações da  escola. Se os dirigentes eleitos não cumprirem o plano de ação proposto na campanha, o Colegiado poderá intervir e recomendar a  destituição de tais dirigentes dos cargos assumidos.

ATENÇÃO: O período para as inscrições das chapas INICIALMENTE MARCADO PARA 4 a 8 de novembro FOI PRORROGADO PARA O DIA 10, ESTA QUINTA-FEIRA. E as impugnações no dia 9 de novembro. O envio das chapas homologadas à Comissão de Acompanhamento Regional nos dias 9 e 10 de novembro.

 

Polos

 

As escolas foram distribuídas por polos.

Polo 1: escolas de Santo Antonio, Valença, Ilhéus, Itabuna, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Serrinha, Itapetinga, Amargosa, Santo Amaro e Cruz das Almas.

Polo 2: Jequié, Juazeiro, Jacobina, Piritiba, Itaberaba, Brumado, Vitória da Conquista, Irecê, Ibotirama, Macaúbas, Caetité, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Seabra, Senhor do Bonfim e Guanambi.

Polo 3: Salvador (1A), Feira de Santana, Alagoinhas e Salvador (1B).

 

Propaganda e pleitos

 

A propaganda eleitoral no Polo 1 é de 9 a 15 de novembro. No Polo 2 de 14 a 20 de novembro. E no Polo 3 de 10 a 16 de novembro.

O pleito no Polo 1 será no dia 16 de novembro. No Polo 2 no dia 21 de novembro e no Polo 3 no dia 17 de novembro.

A divulgação do resultado será no 17, no Polo 1. No dia 22, no Polo 2. E no dia 18, no Polo 3.

A interposição de recursos pode ser feita até às 18 horas de 18 de novembro no Polo 1. Até às 18 horas de 22 de novembro, no Polo 2. E até às 18 horas de 19 de novembro, no Polo 3.

O julgamento de recursos será no dia 19 de novembro no Polo 1. No dia 23 de novembro no Polo 2. No dia 20 de novembro no Polo 3.

A segunda votação, se necessário, será até 10 dias após a data da realização da eleição no Polo 1.

Top