Opções

Ache fácil

Dia de Luta foi um sucesso! Parabéns a todos os educadores presentes!

Crédito das fotos: Getúlio Lefundes

Foi muito positivo o Dia Municipal de Luta pela Educação! A manifestação, realizada durante toda a manhã desta quarta-feira, 16, na Praça da Piedade, combinou discursos políticos, palavras de ordem e muitas denúncias sobre as condições físicas e de trabalho nas escolas do município.

Nem mesmo a chuva arrefeceu o ânimo dos educadores municipais, que estão em campanha salarial desde o mês de abril e também em estado de greve, aprovado na assembleia geral do dia 10 de maio. A Praça estava cheia de educadores do município, representando um grande número de escolas que aderiram ao ato.

A manifestação com paralisação teve como motivação a demora do Executivo Municipal em responder à pauta de reivindicações da categoria, a demora em realizar as eleições para gestores escolares, desrespeitando a comunidade, a legislação e a democracia, bem como a falta de políticas públicas voltadas para uma educação com  qualidade.

No curso da manifestação os profissionais da educação distribuíram Carta Aberta à Comunidade, explicando os motivos do movimento, e elencaram os problemas de suas escolas em folhas de cartolina, nos diversos cavaletes disponibilizados para esse fim, que foram dispostos na Praça. A manifestação chamou a atenção do público e mereceu a cobertura da imprensa.

Na abertura do ato, além da análise de conjuntura política, a direção da APLB-Sindicato informou a categoria sobre o resultado da reunião de negociação com o executivo municipal, ocorrida na tarde desta terça-feira, 15, mais de um mês depois de a pauta de reivindicações ter sido encaminhada à Prefeitura.

Veja aqui um  breve resumo da primeira rodada de negociações entre APLB e o secretário Bruno Barral:

  1. Manter os critérios para licença prêmio e aprimoramento;
  2. Mudança de nível, nada! Mas vão apresentar o quadro de vagas e o quantitativo de pessoas que solicitaram a mudança de nível;
  3. Vai haver eleição para gestores, cujo processo será com a nossa participação efetiva;
  4. Apresentam como proposta salarial 1 referência de 2,5%, que inicialmente era para dezembro, mas depois da discussão ficou para setembro, sem contemplar Reda e aposentado;

Não precisa nem dizer que rejeitamos na mesa essa proposta!

Encaminhamentos apresentados na praça:

  • Reunião de representantes de escola, dia 18 – sexta feira, às 14 h, no auditório da APLB;
  • Assembleia, dia 22/05 – terça feira, às 9h, no Ginásio dos Bancários;
  • Continuar a mobilização intensa, com o trabalho de conscientização, reunião com a comunidade escolar etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O evento foi animado pela banda de percussão Tambores de Búzios e pelo trio de forró Ricardo Boa Nova.

Assembleia geral na próxima terça, 22

Ficou decidida a realização de reunião de representantes na próxima sexta-feira, 18, às 14 horas, no auditório da APLB, quando os representantes trarão a devolutiva de suas unidades sobre a resposta apresentada pelo executivo municipal à pauta e discutirão as propostas que serão levadas para a assembleia geral, marcada para a próxima terça-feira, 22, às 09 horas, no Ginásio dos Bancários.

Até lá, a ordem é manter a mobilização e toda a programação da agenda de luta aprovada na última assembleia da categoria, estando mantido, portanto, o estado de greve!

Parabéns a todos os presentes neste Dia de Luta, lembrando que só com a unidade da categoria é que será possível construir a educação e o Brasil que queremos!

Estamos na luta! Venha com a gente! Educação e Democracia caminham juntas!

Top