Opções

Ache fácil

APLB-Uauá repudia falta de pagamento de um terço das férias dos trabalhadores em Educação

A APLB-SINDICATO Núcleo Uauá, CNPJ: 14.029.219/0001-28, entidade de utilidade pública pela lei nº02254/65, registro sindical no Ministério do Trabalho no livro nº 003, às folhas 104, desde 14 de março de 1990 e leis municipais, filiada a CNTE, FETRAB, CTB, em defesa de uma educação de qualidade e valorização dos profissionais em educação, vem através desta, Mais uma Vez, REPUDIAR A FALTA DE RESPEITO E CONSIDERAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL, QUE ANUALMENTE, VEM DESRESPEITANDO O MÊS LEGAL PARA CONCEDER O PAGAMENTO DE UM TERÇO DE FÉRIAS DOS PROFISSIONAIS. QUE, ATÉ O MOMENTO, NÃO RECEBERAM E NEM TEM PROPOSTA. Pela Lei 59(Estatuto Municipal), artigo 111. o 1/3(Um Terço de Férias) tem de ser pago NO PERÍODO DAS FÉRIAS.

A atual administração, que pregou uma mudança para os servidores, tendo como meta respeitar os direitos e acabar com atrasos, vem fazendo igual as outras gestões: atrasou em 2017, pagando parcelado.

O coordenador Francisco-Prolepses, triste com a situação, externou: “É desolador! É uma afronta ao nosso direito constituído e uma decepção para categoria que sonhou com uma nova era, um novo momento, a mudança, e estão vivendo a mesma sofrência de sempre. E o que é mais estranho é que se trata de um governo que não chama o sindicato próprio da categoria para conversar( APLB), mesmo  a entidade tendo mandado ofício, já esse ano, versando sobre o assunto. Porém,  o que vemos no início desse ano são NOMEAÇÕES E MAIS NOMEAÇÕES PARA CARGOS NO GOVERNO MUNICIPAL. AÍ, FICA DIFÍCIL VOCÊ ACREDITAR EM DIFICULDADES FINANCEIRAS. É muito contraditório! Que Jesus nos fortaleça e nos mantenha firmes e fortes nessa árdua missão.”

ASCOM: APLB-UAUÁ

Top