Opções

Ache fácil

APLB-Sindicato Delegacia de São Desidério e SINDSESD se reúnem com a Gestão Municipal de São Desidério

 

A diretoria APLB Sindicato Delegacia de São Desidério, presidenta Sra. Keliane Meneses, tesoureira, Sra. Ligiane Guimarães e o advogado Sr. Drº Marcio Tomazzi, além da diretoria do SINDSESD – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Desidério, presidenta, Sra. Baronisa Maria Santos e o advogado Sr. Drº Edson Vieira, estiveram em reunião conjunta na terça-feira, 24 de Agosto de 2021, às 9h, na sala do Gabinete do do Executivo de São Desidério reunidos com o prefeito Sr. José Carlos Carvalho, a procuradora do município Sra. Ermetina Macedo, Secretária de Administração, Sra. Ávila Izadora, secretário de saúde, Sr. Adrianno Nascimento e secretária de Educação, Sra. Iléia Almeida.

Pauta da Reunião (APLB-SINDICATO)

1 – Repasse salarial Concessão das progressões horizontais; Liberação dos direitos e vantagens solicitados via RDV’s pelos profissionais de Educação.

2 – Ofício 014/2021 – Inclui a pauta anterior e outras pautas pedagógicas, inclusive “Diálogo sobre retorno das aulas presenciais”.

  

 

Reunião

Em virtude do tempo de 1h para a reunião, determinado pelo gestor municipal, foi elencada uma pauta conjunta (pauta 1), discutida e feitas as considerações.  A Procuradora Sra. Ermetina Macedo justificou que o prefeito não pode responder pela oneração da folha e endossou que medidas federais em tempo de pandemia enfatizam o impedimento de quaisquer reajustes salariais. Em contra-argumento, Dr. Edson Vieira mencionou a concessão de aumento salarial pelo prefeito de Luís Eduardo Magalhães, a todos os servidores. Sra. Keliane Meneses e Sra. Baronisa Maria Santos ilustraram a causa com a perda do poder de compra dos servidores e do fosso econômico deixado pela covid-19, na tentativa de uma sensibilização. Diante de todo exposto, a gestão municipal manteve a decisão de primeiro dialogar com seu grupo (Secretária de Administração e Finanças e Procuradoria) sobre o assunto, sem previsão de retorno.

No encontro, o gestor municipal frisou que para ele a pauta prioritária seria do “retorno das aulas presenciais” e quis saber a posição da APLB Sindicato sobre o assunto. Em tese, a coordenadora Sra. Keliane Meneses elencou sobre o retorno híbrido sob égide dos protocolos de biossegurança em conformidade com as leis federais e estaduais. Para a discussão das demais pautas elencadas no ofício 14/2021 precisaria de um tempo maior que foi solicitado na reunião. Porém, o gestor municipal não deu previsão de quando terá novo encontro com o APLB Sindicato  Delegacia de São Desidério.

DIRETORIA APLB SINDICATO DELEGACIA DE SÃO DESIDÉRIO

“JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!”

“APLB PELA VIDA.”

#EUSOUPORQUESOMOS

#VACINAPARATODOSJA

 

Top