Opções

Ache fácil

APLB marca presença no ato e caminhada do Dia Internacional da Mulher

A APLB- Sindicato marcou presença ativa no Ato e Caminhada pelo Dia Internacional da Mulher 2018, cuja concentração começou às 13h desta quinta-feira, na Praça da Piedade. A caminhada rumo ao Dique do Tororó iniciou às 15h: 45, com a participação de integrantes de vários coletivos do movimento social de mulheres, parlamentares e dirigentes sindicais, todas e todos na luta para gritar pelo fim da violência contra a mulher, o racismo, o machismo, a intolerância religiosa e todas as desigualdades sociais que penalizam, sobretudo as mulheres no Brasil e no mundo.

Em ritmo de rap, samba reggae e muitas palavras de ordem contra o desgoverno Temer e também contra o prefeito de Salvador, ACM Neto, militantes de diversos segmentos do movimento social de mulheres ocuparam as ruas centrais de Salvador para a Marcha do Dia Internacional da Mulher, que percorreu a Avenida Joana Angélica, em direção do Dique do Tororó.

A data, este ano, tem como tema Mulheres: resistir e transformar, o mesmo do Fórum Social Mundial, que acontece de 13 a 17 deste mês, em Salvador.

Além das bandeiras históricas da luta feminista contra o patriarcalismo, o machismo, a misoginia e a violência que vitima as mulheres, este ano a conjuntura política nacional e internacional deu o tom dos protestos com faixas, cartazes e palavras de ordem contra a retirada de direitos, o sucateamento do país, e o aumento das desigualdades.

Os protestos refletem o contexto vivido pelas mulheres brasileiras e de outras partes do mundo: crise econômica, desigualdade social, ameaça de corte aos serviços públicos e universais, preconceito de gênero, retirada de direitos duramente conquistados, desemprego, criminalização da pobreza, violência, entre outros. Por isso as mulheres resistem e lutam por um mundo mais justo e igual.

Crédito das fotos : Aristeu Chagas

 

Top