Opções

Ache fácil

99, 6% dos trabalhadores da Rede Municipal de Ensino de Salvador votam pela continuidade do trabalho remoto

 

Na manhã desta sexta-feira (11), a direção da APLB-Sindicato realizou mais uma Reunião Ampliada com as trabalhadoras e trabalhadores da Rede Municipal de Ensino de Salvador para discutir a situação da categoria após o retorno das aulas presenciais na capital. 99,6% do público da reunião votou a favor da proposta apresentada pela APLB, de manter aulas remotas até que todos os trabalhadores da Educação sejam imunizados.

Na ocasião, o coordenador geral da APLB, Rui Oliveira, fez uma análise da atual conjuntura, destacando o descaso do governo Bolsonaro com a população, frente à pandemia. Os diretores, Elza Melo, Marcos Barreto e Rose Aleluia enfatizaram a atitude arbitrária do prefeito Bruno Reis, de manter aulas presenciais no momento em que os profissionais de ensino ainda não foram totalmente imunizados contra a Covid-19. Um levantamento feito pela APLB mostrou cerca de 100 escolas, em Salvador, com casos de contaminação pelo coronavírus, após a reabertura.

Para os dirigentes da entidade, a decisão do movimento é legítima e, inclusive, está de acordo ao Art. 3º do Decreto 33793/2021, da prefeitura, onde diz que “a retomada das atividades letivas presenciais nas redes públicas e privadas de ensino, ainda que de forma parcial, deverá observar como referencial a taxa de ocupação de leitos exclusivos de UTI COVID-19, adultos, em Salvador, em percentual igual ou menor que 75%. Atualmente a taxa de ocupação dos leitos de UTI adulto em Salvador varia entre 82% e 83%.

PROPOSTAS DISCUTIDAS E APROVADAS PELOS REPRESENTANTES DE ESCOLA PARA SEREM APRESENTADAS NA REUNIÃO GERAL DA REDE MUNICIPAL – 10/06/2021:

 

  1. MANTER O ESTADO DE GREVE, DAR CONTINUIDADE AO TRABALHO REMOTO E APROVAR AS PROPOSTAS E A AGENDA APRESENTADAS NESSA REUNIÃO;
  2. PROMOVER A DISCUSSÃO DE CRITÉRIOS PARA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA SER ENCAMINHADO AO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE GESTÃO;
  3. MANTER OS CARROS DE SOM NOS BAIRROS ALERTANDO ÀS FAMÍLIAS SOBRE O PERIGO DE LEVAR SEUS FILHOS ÀS ESCOLAS;
  4. OCUPAR AS REDES SOCIAIS COM AS CAMPANHAS ESPECÍFICAS DO NOSSO MOVIMENTO E AS CAMPANHAS IMPLEMETADAS PELAS CENTRAIS SINDICAIS E CNTE EM DEFESA DA VIDA, DA VACINAÇÃO, DA EDUCAÇÃO, DA NOSSA NAÇÃO, CONTRA O GOVERNO GENOCIDA DE BOLSONARO.

 

  • NÃO QUEREMOS COPA AMÉRICA!
  • QUEREMOS VIDA, PÃO, VACINAÇÃO E EDUCAÇÃO!
  • EU DEFENDO A EJA!
  • FORA BOLSONARO!
  • FORA MARCELO OLIVIERA!
  • PREFEITO,
  • SÃO MAIS DE 80% DE LEITOS DE UTIS OCUPADOS
  • AULAS REMOTAS, SIM!

 

 

  1. INVESTIGAR E DENUNCIAR A LICITAÇÃO MILIONÁRIA PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE SANTA CATARINA JUNTO AO MP-BA, CÂMARA DE VEREADORES DE SALVADOR E CME;

 

  1. INTENSIFICAR O MOVIMENTO EM DEFESA DA EJA

DIVULGAR AMPLAMENTE O MANIFESTO

 

  1. REATIVAR O ABAIXO ASSINADO PELA SAÍDA DE MARCELO OLIVEIRA

 

AGENDA:

 

2ª FEIRA: Trabalho Remoto

 

3ª FEIRA: Trabalho Remoto

 

4ª FEIRA:

10h – Reunião com os professores do Atendimento da Educação Especial;

15h.  Reunião com os aposentandos

 

5ª FEIRA:

10h – Reunião Representantes

15h – Ampliada rede municipal

 

6ª FEIRA: Live Educação Infantil

Top