Opções

Ache fácil

APLB-Sindicato e Assufba realizam “Seminário de Educação – Desafios e Perspectivas”

 

A APLB-Sindicato e o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-administrativos em Educação das Universidades Públicas Federais no Estado da Bahia(ASSUFBA) realizam nesta segunda-feira, 11 de dezembro, no auditório do Hotel Sol Victória Marina, no Corredor da Vitória, em Salvador, o  Seminário Educação – Desafios e Perspectivas.

Iniciado por volta das 9h45, o seminário tem em sua mesa a deputada federal do PCdoB, Alice Portugal; o coordenador–geral da APLB-Sindicato, Rui Oliveira; o coordenador da ASSUFBA, Renato Jorge Pinto; o presidente da CTB-Bahia, Paschoal Carneiro; a pró-reitora para Ações Afirmativas da UFBA, Cássia Maciel; a diretora do Hospital Ana Nery, Sinaide Coelho; e o ex-parlamentar Javier Alfaya. No cerimonial, o professor Weslen Moreira.

A deputada Alice Portugal elogiou a iniciativa dos dois sindicatos em realizar o seminário, pontuando que o debate é mais do que pertinente. “A educação é uma das áreas que têm sido sucateadas pelo governo Temer. O congelamento dos investimentos públicos, através da EC 95, e o corte dos orçamentos das universidades federais são só alguns exemplos dos ataques. Discutir ações e estratégias de enfrentamento é fundamental para reverter o quadro. Temos que combater as soluções exóticas apresentadas por Temer e seus apoiadores”, disse.

Renato Jorge fez uma análise sobre a situação das universidades federais, afirmando que a legislação “dura” contra o ensino público, promovida pelo governo de Temer tem levado ao maior corte de recursos da história das instituições de ensino universitário do Brasil. “O caminho que o atual governo busca é o da privatização para todas as universidades”, denuncia.

Também chamando atenção para o retrocesso nos investimentos em pesquisa, a pró-reitora da UFBA Cássia Maciel afirmou que Temer é inimigo de um tipo de educação: “A pública e de qualidade”.

Paschoal Carneiro elogiou a disposição para a luta demonstrada pela ASSUFBA e a APLB-Sindicato: “A CTB sente-se honrada em ter dois sindicatos tão importantes para a luta fazendo parte de seus quadros”.

Veja o vídeo:

Crédito das fotos: Aristeu Chagas

 

Notícias anteriores:

 

Top