Opções

Ache fácil

Professora Graça Falcão se defende de acusações e mostra o seu importante trabalho à frente do Colégio Estadual Zumbi dos Palmares

A pedido de professores do Colégio Estadual Zumbi dos Palmares, que vieram à sede da APLB-Sindicato, em Salvador, reproduzimos aqui, no portal, reportagem feita pelo jornalista Genildo Lawinscky no site Agora na Bahia.

 

Estudantes e outras pessoas da comunidade foram à manifestação para cobrar informações mais objetivas sobre o futuro do Colégio Zumbi dos Palmares(Foto: Reprodução)

exoneração da professora Graça Falcão, da direção do Colégio Estadual Zumbi dos Palmares, conforme publicação no Diário Oficial do dia 11 de novembro, segue levando a comunidade a fazer manifestações no bairro Tancredo Neves. Mas a outra preocupação surgiu com a notícia de que a reforma prevista na estrutura da escola não ficará pronta em tempo de começar o ano letivo de 2018.

A informação sobre o fechamento da escola foi dada pela Secretaria de Educação, diretamente aos alunos. Todos estão sendo orientados a procurar outra escola que disponha do curso equivalente. Essa busca é feita através do portal da Secretaria da Educação. No comunicado que pode ser impresso no momento em que o estudante acessa o sistema de matrículas pela internet, o texto diz que “no próximo ano letivo, esta unidade não oferecerá a série/ano que você irá cursar. Para garantir a continuidade da trajetória escolar, é necessário realizar sua transferência para outra unidade da Rede Estadual, no dia 16 de janeiro de 2018”.

A nota diz, ainda, que a transferência poderá ser efetuada via internet e só depois disso o aluno deverá comparecer pessoalmente para apresentação dos documentos.

Essa informação preocupa a comunidade estudantil do Zumbi dos Palmares, considerado referência no ensino médio em Salvador, por adotar o critério de inserir os alunos em atividades lúdicas culturais e incentivar, cada vez mais, a interatividade dos estudantes com as artes.

Neste sábado(25), estudantes, moradores da comunidade e alguns professores do colégio se reuniram para um protesto contra a notícia da suspensão das atividades e falta de informações sobre o futuro do colégio.

O #AgoraNaBahia também consultou o site da Secretaria de Educação e não localizou qualquer referência às obras. Um contato foi feito com a assessoria de imprensa da SEC solicitando entrevista com o secretário Walter Pinheiro, o que deve ocorrer somente a partir de segunda-feira, já que ele estava em viagem, de acordo com a Ascom.

Professora Graça Falcão, diretora exonerada do Colégio Zumbi dos Palmares(Foto: #AnB)

A necessidade de obras no colégio foi constatada, ainda, na gestão da professora Graça Falcão, conforme entrevista ao #AgoraNaBahia. Ela disse que ao notar problemas na estrutura física da escola que poderiam colocar em risco a integridade dos alunos, propôs a reforma e os alunos foram transferidos para outros colégios na área do Cabula.

Mas assim que o local foi interditado, houve notícias publicadas em alguns veículos de comunicação com denúncias de má gestão do dinheiro destinado ao colégio, o que acabou gerando a exoneração de toda a direção do Zumbi dos Palmares.

O #AgoraNaBahia entrevistou a diretora e mostrou as reações da comunidade por causa das notícias falsas que davam conta de despesas sem controle. De acordo com o que foi mostrado pela diretora que ficou no cargo durante quase dois anos, as publicações sobre compras irregulares foram manipuladas e feitas a partir de denúncias anônimas.

As manifestações do sábado também serviram para reforçar a vontade da comunidade em ter de volta os diretores que acabaram exonerados sem o devido direito de resposta quando poderiam exibir as provas da manipulação.

Top