Opções

Ache fácil

DEFE: notícias do interior do Estado da Bahia

  

  

Itapebi 

O Núcleo de Itapebi, dirigido pela professora Maria do Carmo e Gildásio Dias dos Anjos, realizou uma reunião com professores e funcionários do município para discutir o pagamento do 13º salário de 2016, a matriz curricular, a extensão da carga horária e o Profuncionário. Em audiência com a APLB, o prefeito de Itapebi propôs pagar o 13º salário em 24 meses e o salário de dezembro de 2016 da mesma forma.

Os trabalhadores em educação pretendem fazer um ato público e cultural em frente à prefeitura. O vereador Biton Araújo (PDT), presente no encontro se prontificou a  lutar junto com os trabalhadores em educação.

O mais importante é que as bravas e os bravos guerreiros do Núcleo da APLB de Itapebi estão na luta para defender e conquistar os seus direitos. Isso demonstra que a entidade não se cala diante de nenhum gestor, por mais truculento que ele seja.

No dia 24 de julho, haverá um seminário para discutir o Profuncionário e uma audiência com o prefeito, com a participação do advogado e dirigente da APLB, professor Noildo Nascimento, e a dirigente da Delegacia, professora Jovita Silva.

Também estiveram presentes na reunião, na condição de palestrantes, Nivaldino Félix e Edimilson Almeida, coordenador e vice-coordenador do DEFE, respectivamente.

.

  

  

Marcionílio Souza

No dia 6 de julho, o Núcleo da APLB de Marcionílio Souza – dirigido pela professora Mariá Reis Santos,  diretora da delegacia, juntamente com a professora Ana Rita Santos – convocou uma reunião dos trabalhadores em educação, professores e funcionários. A reunião aconteceu em clima de tranquilidade.

É importante ressaltar que os profissionais em educação estão em greve neste município, devido aos constantes atrasos dos salários.

Outro assunto bastante debatido foi a questão do assédio moral que vem acontecendo de forma sistemática dentro da escolas, principalmente com os funcionários, por causa de gestores autoritários e preconceituosos, abuso que afeta a saúde física e psicológica destes trabalhadores.

Também se discutiu a importância do Profuncionário no município. Nesse sentido, foi explicado os motivos pelos quais o curso  ainda não está  implantado em Marcionílio Souza.

Edimilson Almeida e Nivaldino Felix, ambos dirigentes da APLB, estavam presentes como palestrantes.

  

Iaçu

No dia 7 deste mês. O Núcleo da APLB de Iaçu, dirigido pela professora Dione Nascimento Sodré e  o professor  Vinicius Oliveira da Silva, realizou uma reunião no Sindferro. Estavam presentes as professoras Maria Reis Santos, diretora da delegacia, e Ana Rita Araújo, além do palestrante Nivaldino Felix, diretor de Imprensa da APLB e coordenador do Departamento de Funcionários (DEFE), e Edimilson Almeida, vice-coordenador do DEFE e integrante do Conselho Fiscal  da APLB-Sindicato.

A pauta dessa reunião se resumiu ao debate da filiação dos funcionários e outras questões do interesse dos trabalhadores como: Profuncionário, Plano de Carreira,  aposentadoria.

Ficou claro para a direção da APLB a disposição dos funcionários de lutar e participar efetivamente como filiados do sindicato. Por isso, os dirigentes do Núcleo precisam se familiarizar cada vez mais  com as reivindicações dos funcionários escolares, no sentido de estimular mais os nossos companheiros.

Nivaldino Felix – coordenador-geral do Departamento de Funcionários da Educação (DEFE)

Edimilson Almeida – vice-coordenador

 

Top